AMOR-EXIGENTE Fevereiro/2017 {revistae PRINCÍPIO HUMANIZADOR

Colaboração: Ana Laura Dreher

Regional Gravataí/RS

 

2º PRINCÍPIO – Pais também são gente!

 

Ser pai e ou mãe é uma benção na vida de uma pessoa. Essa dádiva divina gera um amor que dói no peito, que educa, que fortalece, que constrói. Pode ser esse amor de pais biológicos, de pais adotivos ou de pais de coração, mas o amor é incondicional independentemente do tipo de ligação. O sentimento de pai para filho é para lá de especial, só que na atualidade está confuso, pois os papeis de pai e de filho estão sendo invertidos. Quem dita as regras hoje é o filho e os pais se comportam como super heróis, se despedaçam e fazem o possível e o impossível para realizar os desejos do filho muitas vezes sem ter recursos financeiros e muito menos condições físicas e emocionais.

 

Vivemos um momento de desvalorização total do ser humano em geral, mas quando esse ser é um pai ou mãe cabe a ele se valorizar e virar o jogo assim como  seu filho merece tudo do bom e do melhor, você como pai também merece. Portanto, tome as rédeas de sua vida, se respeite, se ame, se proteja, se valorize, fale com Deus, seja gente! O comando de sua vida pertence a você. Cuide-se em primeiro lugar, procure estar de bem consigo mesmo, você pode falhar sim, pode viver com qualidade de vida sim, permita-se!

 

Para ajudar o outro e a sociedade precisamos cuidar do nosso ser interior e exterior antes. Não adianta querermos abraçar o mundo com nossas pernas, pois o mundo não nos pertence, não podemos nos responsabilizar pela ação dos outros; mas devemos cuidar de nós, do nosso lar, de nossa vida para seguirmos um novo caminho com qualidade de vida!

 

Chegamos ao Amor-Exigente desesperados pedindo socorro, sem chão, sem ação, coração em pedaços, não sabemos mais quem somos, onde estamos para aonde vamos. No entanto, com a nossa permanência no grupo, descobrimos que ainda somos humanos e nossa vida vai se aliando novamente e com o passar do tempo brota um novo ser humano! Lembre-se que o Amor precisa ser exigente até consigo mesmo!

 

 

1ª. SEMANA / Princípio com enfoque EU

. Eu me reconheço e me valorizo como pessoa?

. Entendo que não sou e nunca serei super herói?

. Eu procuro condições de saúde física, mental e espiritual para viver dignamente?

 

 

2ª. SEMANA / Princípio com enfoque EU e o OUTRO

. Tenho clareza dos meus direitos e deveres perante a vida do outro?

. Reconheço-me como humano que se respeita e deve ser respeitado pelo outro?

. Respeito o outro para que ele me respeite?

 

 

3ª. SEMANA / Princípio com enfoque EU e a SOCIEDADE

. Na sociedade consigo perceber que as pessoas são gente como eu?

. No meio onde vivo qual é o meu movimento para melhorar a qualidade de vida das pessoas ali presente?

 

 

4ª. SEMANA / Rever nossos princípios ÉTICOS:

SIGILO

. Mantenho o sigilo proposto em meu grupo?

. Sigo dentro e fora do grupo a ética proposta no Amor-Exigente?

 

 

SINAIS DE ESPIRITUALIDADE

 

QUE EU NÃO PERCA …

Que Deus não permita que eu perca o romantismo, mesmo sabendo que as rosas não falam…

Que eu não perca a vontade de viver, mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, dolorosa…

Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que com todas as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas…

Que eu não perca a vontade de ajudar as pessoas, mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, reconhecer e retribuir essa ajuda…

Que eu não perca o equilíbrio, mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia…

Que eu não perca a vontade de amar, mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo pode não sentir o mesmo sentimento por mim…

Que eu não perca a luz e o brilho no olhar, mesmo sabendo que muitas coisas que verei no mundo escurecerão meus olhos…

Que eu não perca a garra, mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários extremamente perigosos…

Que eu não perca a razão, mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas…

Que eu não perca o sentimento de justiça, mesmo sabendo que o prejudicado pode ser eu…

Que eu não perca o meu forte abraço, mesmo sabendo que um dia meus braços estarão fracos…

Que eu não perca a beleza e a alegria de viver, mesmo sabendo que muitas lágrimas que brotarão dos meus olhos escorrerão por minha alma…

Que eu não perca o amor por minha família, mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigirá esforços incríveis para manter a harmonia…

Que eu não perca a vontade de doar este enorme amor, que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado…

Que eu não perca a vontade de ser grande, mesmo sabendo que o mundo é pequeno…

E acima de tudo…

Que eu jamais me esqueça de que DEUS me ama infinitamente!

Que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois…

A vida é construída nos sonhos e concretizada no amor.

 

Chico Xavier

 

 

Este encarte especial é parte integrante da REVISTAE, publicação mensal da FEAC – Federação de Amor Exigente

Jornalista Responsável: Patrícia Medeiros (MTB 0066511/SP) / Projeto Gráfico: Biancheti Propaganda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s